joao martins personal trainer algarve

Sabia que …

Beber bebidas diet, aumenta a propensão para comer comida pouco saudável.

Investigadores na Universidade de Illinois do departamento de Cinesiologia e Saúde, acreditam que as pessoas que bebem regularmente bebidas light, compensam a não ingestão de calorias substituindo por lanches ricos em açúcar e sal. Num estudo que analisou os hábitos alimentares de 22 mil adultos norte americanos, descobriram que 90% das pessoas no estudo consumiam alimentos não essenciais à sua alimentação, diariamente, em média 482 calorias eram ingeridas através de guloseimas. Mas eles conseguiram notar que as pessoas que ingeriam bebidas light, ingeriam mais alimentos de forma discriminatória, do que as pessoas que ingeriam bebidas ricas em açúcar ou mesmo álcool.

Os investigadores dizem que esta ocorrência deve-se a um efeito de compensação. Ou as pessoas por ingerirem poucas calorias, o corpo sente a necessidade de comer mais calorias e nessa necessidade as pessoas optam por alimentos ricos em açúcar; ou porque como acham que ingeriram poucas calorias porque optaram por uma bebia menos calórica, podem comer algo mais calórico e doce.

Os investigadores recomendam que as pessoas evitem as bebidas diet da mesma forma que evitam as bebidas açucaradas, porque de uma forma ou de outra, as pessoas vão sempre ingerir mais calorias.

Texto de João Martins

Artigos relacionados: Sabia que o consumo de bebidas light aumenta a circunferência abdominal em idosos | Dieta e exercício não chegam para atingir os seus objetivos

Joao martins personal trainer Algarve vilamoura

Quer deixar de beber refrigerantes mas não consegue?

Os refrigerantes não são bons para nós mas, ao mesmo tempo, é difícil resistir-lhes. Têm um sabor doce são energéticos, e utilizamo-los muitas vezes para saciar a nossa sede. Um dos grandes problemas dos refrigerantes é que quanto mais bebemos mais perigoso se torna o seu hábito.

Um dos maiores problemas dos refrigerantes é as calorias que vêm praticamente da adição de açúcar, e a reduzida quantidade de vitaminas e minerais, ou seja, praticamente estamos a beber água com açúcar.

Depois há quem diga, “mas as bebidas diet não têm quase nenhumas calorias e açúcar”, é verdade que têm poucas calorias mas têm outros substitutos que fazem igualmente mal, e provocam riscos à saúde como cáries, desgaste ósseo, diabetes e doenças cardíacas.

Artigo relacionado Bebidas diet não têm calorias, mas têm outros efeitos

Algumas dicas para ajudar a deixar de beber refrigerantes:

Retirar os refrigerantes gradualmente do seu dia-a-dia. Por exemplo, se beber refrigerantes 2 ou 3 vezes por dia, reduza para uma vez por dia, passados 15 dias reduza para 3 refrigerantes por semana e, por Último, um refrigerante por semana. Assim vai-se ajustando gradualmente, o que deve provocar uma mudança real e sustentável.

Mistura água aos seus refrigerantes. Fará com que beba menos refrigerante (ou seja só bebe metade do refrigerante) e o resto é agua: com esta sugestão poderá ficar mais hidratado, a água corta a doçura do refrigerante, altera-lhe o que pode modificar o seu paladar, fazendo-o ficar com menos necessidade de ingerir coisas doces.

comece a controlar as suas calorias. 33cl de coca-cola contem 140 kcal, se beber uma só por dia, num mês são 4200Kcal. O download de uma app de contagem de calorias pode ajudá-lo a perceber a quantidade de calorias que ingere só através da ingestão de refrigerantes.

Alternar o refrigerante com chá sem açúcar. O chá de infusão é “água com sabor” tem os benefícios da água e os fitoquímicos do chá que trazem reais benefícios para a saúde.

Beba um copo de água antes de beber o refrigerante. Quando tiver vontade de beber um refrigerante encha um copo com água gelada e beba a água toda. Muitas vezes as pessoas bebem refrigerantes só porque não têm nada para fazer ou porque têm sede e o copo de água pode ser suficiente para suprir essa necessidade.

Lembre-se os refrigerantes fazem mal à nossa saúde, deixar de bebê-los é investir na nossa saúde.

Texto de João Martins

IMG_20141228_193105

Dicas para um 2015 mais saudável

Novas metas para o novo ano são sempre divertidas e fáceis de fazer, o problema, às vezes, é concretizá-las.

Algumas dicas para um 2015 mais saudável :

1)Pequenos passos, grandes resultados. Muitas vezes as pessoas desistem apenas porque não atingem os objetivos propostos. Tente definir uma meta específica, mensurável e realista.

2)Reduzir a ingestão de álcool; não só devido às calorias vazias do álcool e aos seus malefícios, mas também porque o álcool aumenta o apetite. E a combinação do álcool e dos petiscos, para acompanhar, resume-se a ingerir muitas calorias excedentes.

3)Aumentar a ingestão de água; substituir a água por refrigerantes e bebidas alcoólicas, ajuda a controlar o apetite, melhora o sono e os níveis de energia, beber água durante o dia aumenta a taxa metabólica em 30% .

4)Dormir mais e bem; o sono é mais benéfico para a saúde do que imagina. A falta de sono tem sido associada a um maior risco de obesidade e diabetes do tipo 2. Defina uma hora para dormir, de forma a que dessa hora até à hora de acordar complete 7 horas de sono. Depois, uma hora antes de ir dormir, desligue todos os aparelhos eletrónicos e vá-se deitar. A visualização de aparelhos eletrónicos antes de dormir afeta o sono.

5)Um bom pequeno-almoço; um saudável e equilibrado pequeno-almoço vai fazer com que consiga controlar melhor o apetite durante o dia. Artigo relacionado

6)Evite dietas e opte por alimentação mais saudável; altas restrições alimentares não são boas, não é alimentação saudável e não irá ajudá-lo a eliminar peso com saúde e muito menos o ajudará no período de manutenção. quanto maior a restrição, maior a vontade de comer. Artigo relacionado

7)Faça exercício físico. O exercício físico tem inúmeros benefícios para a saúde, e ajuda no gasto de mais energia. Realize, no mínimo, 30 minutos de exercício diário, seja ele uma simples caminhada, uma corrida, um treino de ginásio, etc. o importante é fazer exercício físico.

8)Ingerir menos açúcar. O açúcar é tão perigoso como o tabaco.Quando o açúcar entra em contato com a língua, há produção de substâncias químicas semelhante à morfina no cérebro, criando uma sensação de bem-estar difícil de se resistir. Comer menos açúcar significa preservar a sua saúde. O consumo de quantidades elevadas dessa substância implica uma série de doenças, que variam de cáries, diabetes, até doenças cardiovasculares, etc. artigo relacionado

Pessoas que não estão dispostas a mudar o seu estilo de vida nunca conseguirão ser saudáveis.

Texto de João Martins