1411396530524_wps_37_image001_png

Sabia Que…

Há pessoas que talvez o estejam fazendo você engordar.

Pesquisas demonstram que comer com outra pessoa aumenta em 33% a ingestão de calorias. Então como conseguir comer com companhia sem ingerir mais calorias.

Se o seu parceiro tiver excesso de peso ou for obeso, a sua possibilidade de se tornar obeso é de 37%. Para evitar esta possibilidade você pode, ter um armário próprio onde guarda a sua comida, para evitar ter a tentação de comer, a comida pouco saudável do seu parceiro. Outra dica, em vez de colocar toda a comida na mesa, sirva logo os pratos na cozinha, diminui a tentação e querer repetir o prato.

Estudos comprovam que mães com filhos ingerem mais 400kcal diárias que mulheres sem filhos. Quando é hora do lanche dos filhos tenha sempre uns frutos secos ao pé, para não ter a tentação de comer o mesmo que eles. Na altura das refeições, coma o mesmo que eles mas altere o acompanhamento, opte por legumes em vez de massas ou arroz.

A sua possibilidade de se tornar obeso aumenta 57% caso o seu melhor amigo seja obeso ou tenha excesso de peso. Caso você vá almoçar ou fazer uma refeição com o seu amigo, seja você a decidir o ugar, e opte por um lugar onde você possa fazer uma escolha saudável, pode ser que ele imite e você para além de comer bem ajuda o seu amigo.

Colegas de trabalho podem prejudicar a sua dieta. De acordo com um estudo da universidade da Georgia, um jantar de grupo com 6 ou 7 pessoas você vai ingerir 96% mais calorias que o normal. A melhor arma nesse caso, “estudar” o menu antecipadamente e ver quais as melhores escolhas.

As vezes as nossas escolhas influenciam as escolhas dos outros, um estudo da universidade do Arizona, demonstrou que a maioria dos amigos são “macaco vê macaco faz”, ou seja, assuma a liderança sobre a sua alimentação e é provável que o seu amigo siga o exemplo.

Eu sou assim.

Texto de João Martins

Portion-Size-Optical-Illusion

Sabia Que …

Sabia que os pratos nos últimos 10 anos aumentaram de tamanho 33%.

Pratos pequenos ajudam a comer menos, pois preenche-se com menos comida e ter à frente um prato cheio contribui para a saciedade, e consome-se menos. Se utilizar um prato de sobremesa para comer pode reduzir até 25% da quantidade de comida ingerida.

Uma dica: Se quer manter ou perder peso, coma em pratos mais pequenos como por exemplo os de sobremesa, a sensação de prato cheio vai sacia-lo.

Texto João Martins

untitled

Diferença entre apetite e fome.

Algumas pessoas confundem fome com vontade de comer, ou seja, uma coisa é ter apetite, outra é ter fome.

As pessoas comem por duas razões fome e apetite. Na verdade fome e apetite são dois processos completamente diferentes, fome é a necessidade de comer, não pode ser controlado, é instintivo. O nosso corpo avisa-nos que temos pouca energia e que necessitamos de comer para obter essa energia. A fome protege o nosso corpo de esgotar as reservas de energia.

Apetite é o desejo por comida, é um esforço entre a sua barriga e o seu cérebro, quando olhamos para um bolo, um doce, ou uma comida deliciosa, nos salivamos, quase que sentimos o sabor da comida, até só o pensar em determinados alimentos pode provocar estes efeitos. Mas ao contrário da fome, o apetite pode ser ignorado, o apetite é muito influenciado pelo cérebro, é um comportamento aprendido, e nos podemos aprender a controlar o nosso apetite.

A grande diferença entre apetite e fome é, vou comer um cachorro (isso é fome), mas depois tenho vontade de comer mais um ou dois (isso é apetite), ou seja, o meu corpo não necessita de mais energia, mas eu quero comer mais.

Os sinais mais claros de que o seu corpo quer comida, agora, são as reações físicas tais como dor de cabeça, estômago “rabujento”, e falta de energia. Apetite são reacções “mentais “/emocionais, descritas anteriormente.

Algumas dicas para manter os níveis de apetite baixos :

- Comer 3 em 3 horas; evita ficar com fome, e ajuda a ter opções mais saudáveis.

-Comer devagar; O nosso corpo demora 20m para reconhecer que estamos cheios.

- Comer alimentos volumosos; Alimentos com muita água, proteína e fibras (legumes, frutas, cereais integrais) ajudam a encher o estomago.

-Não se prive daquilo que gosta; Se alguns alimentos que gosta não são muito saudáveis, ou são muito calóricos, coma em pequenas quantidades. Privar-se daquilo que gosta aumenta o apetite. Equilibre a sua dieta, aumento o gasto energético para poder comer poucas quantidades daquilo que gosta.

-Faça exercício; o exercício altera os níveis hormonais do seu corpo de uma forma que suprime temporariamente o apetite.

-Durma o suficiente ;A falta de sono reduz nível de leptina no seu corpo, logo faz com tenha mais fome.

Saber a diferença entre a fome e apetite é metade da batalha quando se trata de perda de peso. Sintonize-se com seu corpo antes de começar a comer e questione-se se está realmente com fome.

Texto de João Martins