Personal trainer Algarve

Como fazer um bom aquecimento

Um aquecimento adequado diminuiu os riscos de lesões, aumenta o desempenho e não atrasa o progresso do treino. Existem quatro aspetos que devemos ter em conta no aquecimento antes de tocar num peso, numa máquina ou em qualquer outro objeto para treinar.

Esses 4 aspetos são:

Mobilidade Dinâmica; é a capacidade do corpo se deslocar em múltiplas direções com segurança. A mobilidade dinâmica aumenta suavemente a amplitude dos movimentos e pode reduzir a possibilidade de lesão. Lesões causadas por falta de mobilidade articular podem-no impedir de treinar por longos períodos de tempo. Experimente movimentos dinâmicos, como movimentos circulares, frontais, etc., dos braços, movimentos em vários planos das pernas, opte também por movimentos que não executa no dia-a-dia.

Preparação Especifica:Se já sabe de ante mão qual o tipo de treino que vai fazer, e quais os músculos que vai trabalhar mais deve ativá-los no aquecimento de forma a aumentar o fluxo sanguíneo e a temperatura nesses músculos para os tornar mais flexíveis e menos tensos.

Consciência corporal;Aproveitar o aquecimento para aumentar a nossa proprioceção corporal, ou seja controlar o nosso corpo. A melhor forma de podermos trabalhar a consciência corporal é desafiando o nosso corpo com exercícios para desenvolver as nossas capacidades motoras coordenativas, (equilíbrio, coordenação, reação, orientação, etc.)

Integrar todos os aspetos anteriores:Integrar todos as dicas anteriores de forma a prepararmos o nosso corpo da melhor forma para o exercício que se avizinha, é a melhor forma para obtermos melhores resultados e evitarmos lesões. Pode, por exemplo, realizar movimentos articulares de acordo com os músculos onde o treino vai incidir mais, alongamentos dinâmicos de forma a aumentar o fluxo sanguíneo nos músculos onde o treino vai incidir mais, exercícios dinâmico e com impacto caso seja esse o foco do treino.

O mais importante é integrar o aquecimento como parte integrante do treino e não o fazer só por fazer.

Texto de João Martins

Personal Trainer Algarve

Sabia Que…

Caminhar dois minutos por hora reduz o risco de doenças

Um estudo publicado a 30 de abril de 2015 pela Universidade de Utah, nos Estados Unidos, sugere que atividades físicas de baixa intensidade, como por exemplo ficar de pé, podem não ser suficientes para compensar os riscos para a saúde de estar sentado longos períodos de tempo. Mas, de acordo com o estudo, se caminharmos por dois minutos a cada hora, o risco de morte causado por doenças associadas ao sedentarismo é reduzido em 33%. No caso de pessoas com doença renal crônica, a redução é ainda maior: 41%.

Para Srinivasan Beddhu, coordenador do estudo, quando as atividades físicas, mesmo que leves, são repetidas várias vezes ao longo do dia, podem fazer uma grande diferença. Presumindo que uma pessoa passe 16 horas por dia acordada, dois minutos de caminhada a cada hora, todos os dias, representa um gasto de 400 calorias por semana. O exercício moderado ainda fortalece o coração, os músculos e os ossos.

Os “famosos” 10 mil passos por dia sempre fazem uma grande diferença.

Texto de João Martins

Artigos Relacionados:  Sabia que, O sedentarismo mata 2 vezes mais que a obesidade

Personal Trainer Algarve

IDEIAS PARA COMER MAIS VEGETAIS

Os vegetais são muito importantes na nossa dieta diária porque contêm muitos nutrientes e vitaminas para o perfeito funcionamento do nosso corpo. Evitá-los ou não os comer pode ser prejudicial para o nosso organismo.

Aqui ficam cinco ideias para ingerir mais vegetais:

Como vegetais como lanche/snack; Em vez de optar por comida processada, opte por umas cenouras frescas, um prato de salada vegetariana com queijo fresco, entre outras misturas que pode fazer com vegetais e algumas fontes de proteína (frutos secos por exemplo).

Adicione vegetais À sopa, e adicione sopa Às suas refeições; Vegetais são muito compatíveis com sopas, por isso devem estar sempre incluídos nelas. Evite a batata (mais calórica e com índice glicémico alto), substituindo-a por abobara, courgette, grão etc. E opte sempre por iniciar as refeições principais com sopa, porque para além de saciar mais, o aporte nutricional da refeição é maior.

Coma vegetais sempre ao almoço e jantar; Independentemente da refeição que opte por fazer peça sempre uma travessa de salada ou legumes salteados, ou legumes cozidos. É importante variar os legumes e não comer só alface e tomate, quanto maior a variedade maior o aporte

Adicionar os legumes nas suas pizzas ou quiches; As bases das pizzas e das quiches são calóricas (por norma) mas há formas de as tornar mais nutritivas: introduzir tomates, cogumelos, rúcula, espinafres, courgette, pimentos, cebola, etc. Assim, consegue incluir alimentos saudáveis em comidas não tão saudáveis, beneficiando a sua saúde.

Sumos de vegetais; Pode incluir nas suas refeições um sumo de vegetais, seja ao pequeno-almoço, almoço ou jantar. É umas das melhores formas de aumentar a ingestão de vegetais na sua dieta diária e de uma forma mais saborosa. Um conselho: não faça de um sumo de vegetais uma refeição, pois apesar de ser nutritivo, tem falta de muitos macronutrientes como a proteína e as gorduras, essenciais para o nosso organismo.

Os vegetais são fontes ricas em nutrientes, vitaminas e sais minerais e, muitas vezes, não os incluímos nas nossas refeições, assim, ficam aqui cinco ideias para comer mais vegetais e tornar a sua dieta mais saudável e nutritiva.

Texto de João Martins