personal trainer e wellness coach joao martins

Os cientistas descobriram a melhor forma de perder gordura e ganhar massa muscular

Todas as pessoas procuram a fórmula secreta para emagrecer, para perder gordura, para ganhar massa muscular. Há muitas teorias, muitas práticas, muitas dietas, muitas técnicas de treino, mas um estudo realizado na Universidade de McMaster revelou que uma dieta rica em proteína, com uma ingestão calórica reduzida (mas não em demasia) e fazer exercício seis por semana são a chave para perder peso da forma mais saudável possível.

O estudo acompanhou 40 homens e dividiu-os em grupos, uns realizaram uma dieta de alta ingestão proteica, outros ingeririam uma dieta de baixa ingestão proteica. O grupo de alta ingestão de proteína perdeu 4,76kg durante o estudo, enquanto o grupo de baixa ingestão proteica só perdeu 3,5kg

Por isso já sabe, não é fácil perder gordura e ganhar massa muscular, mas não há milagres, uma alimentação saudável, rica em proteína, muito exercício físico e um estilo de vida saudável.

Texto João Martins

Artigos Relacionados : Os maiores erros que as pessoas cometem quando estão a perder peso | Treina e não consegue aumentar a massa muscular?

o-AMIGOS-RINDO-DANDO-RISADA-FELIZ-facebook

Sabia que …

Rir queima calorias?

Um estudo realizado por Buchowski(1) na universidade de Vanderbilt, em Nashville, comprovou  que houve um aumento significativo de gasto energético e da frequência cardíaca quando os participantes no estudo viram vídeos selecionados para os fazer rir.

Especificamente, em média, o gasto energético durante o riso foi de mais 0.19kcal/min do que se estivessem em repouso, enquanto a frequência cardíaca aumentou 2,1 batimentos/min mais do que em repouso. Os indivíduos que estavam realmente a divertir-se (ou seja, riram mais do que 20s/minuto), obtiveram aumentos de gasto calórico e frequência cardíaca até 16/17% mais do que em descanso.

Concluímos então que uma hora a rir nos faz gastar em média 11,5kcal. Não será a melhor estratégia para perder peso, mas faz-nos certamente bem ao espirito e, ao mesmo tempo sempre dá uma ajudinha na perda de peso – ainda que pouca!

Texto João Martins

1)Buchowski, M.S.m Majchrzak, K.M., Blomquist, K, et al. Department of Medicine, Vanderbilt University, Nashville, TN.  International Journal of Obesity (London), 2007 Jan;31(1):131-7. Epub 2006 May 2.