Cancro VS Estilo de Vida Saudável

O Risco de cancro pode diminuir para pessoas com um estilo de vida saudável?

Todos os anos cerca de 8 milhões de pessoas morrem de cancro. Em Portugal morrem 70 pessoas por dia com cancro o que significa que, em cada hora que passa, 3 pessoas morrem vítimas da doença.

Os dados são claros, quarenta por cento de todos os casos de doença oncológica podiam ser evitados com um estilo de vida saudável e com uma dieta adequada. A nutrição é essencial para prevenir o cancro, mas também para ajudar nos tratamentos.

O estudo que compara estes dados considera um estilo de vida saudável: não fumar, evitar beber ou apenas socialmente (uma bebida por dia mulheres, duas bebidas por dia homens), manter um IMC entre 18,5 e 27,5 e fazer exercícios semanais moderados por pelo menos 150 minutos ou exercícios vigorosos por pelo menos 75 minutos, de acordo com um novo estudo.

Essas descobertas reforçam a importância predominante dos fatores de estilo de vida na determinação do risco de cancro. Portanto, “a prevenção primária deve permanecer uma prioridade para o controlo do cancro”, concluem os autores.

Lembre-se sempre que deve sempre treinar respeitando a individualidade e, de preferência, com a supervisão de um profissional credenciado.

Bons Treinos

sentadossss

Sabia que …

Estar sentado pode anular os benefícios do exercício físico.

A maioria de nós sabe que precisamos ser mais ativo fisicamente. Só 36% da população portuguesa faz exercício físico (ler mais).

De acordo com um novo relatório publicado no Annals of Internal Medicine. Os benefícios do exercício podem ser anulados se você também passar a maior parte do resto de seu dia sentado.

Dr. David Alter, especialista em coração, da Universidade de Toronto e cientista sênior do Instituto de Reabilitação de Toronto, descobriu que estar sentado muito tempo, mesmo entre as pessoas que se exercitam regularmente, leva a maiores taxas de hospitalização, doenças cardíacas e cancro, assim como a morte precoce. Os investigadores analisaram 47 estudos onde perguntaram às pessoas quanto tempo passavam sentados e a fazer exercício, bem como taxas de doenças cardíacas, diabetes, cancro e morte por qualquer causa. Quanto mais tempo as pessoas passavam com um estilo de vida sedentário -como assistir TV ou deitados num sofá -maior o risco de todos esses resultados negativos. Pessoas com excesso de peso que se sentam muito apresentaram um risco 90% maior de desenvolver diabetes do que aqueles que se sentaram menos, uma chance de 18% maior de morrer de doenças cardíacas ou cancro, e 24% mais chances de morrer de qualquer causa. Essas taxas foram a média entre as pessoas que fazem exercício regularmente e aqueles que não o fazem exercício regularmente.

Fazer apenas exercício não chega, é necessário ter hábitos de vida saudáveis.

Texto de João Martins