CAPACIDADE FÍSICA VS SINTOMAS TRATO RESPIRATÓRIO

TER MELHOR CAPACIDADE FÍSICA REDUZ OS SINTOMAS DAS DOENÇAS DO TRATO RESPIRATÓRIO (GRIPES, CONSTIPAÇÃO, OTITE, FARINGITE, AMIGDALITE, ETC.)?

As infeções respiratórias agudas (ITR) são mundialmente reconhecidas como uma das principais causas de morbidade e mortalidade em todas as idades, particularmente em crianças e idosos, resultando em torno de 3 a 5 milhões de casos de doenças graves/ano. Infeções do trato respiratório abrangem o nariz (rinite), os seios perinasais (sinusite), a faringe (faringite), as amígdalas (amigdalite) a laringe (laringite).

Um estudo de David C Nieman et, al 2011 comprova que uma boa aptidão física e a realização de exercícios aeróbicos são correlações importantes para reduzir os sintomas (em dias) de ITR, e a gravidade dos sintomas durante as estações de inverno e outono.

Os resultados revelaram uma redução de 43% no total dos dias com doença ITR quando comparados com indivíduos com aptidão física baixa (sedentários). Além disso, os que relataram ≥5 dias de atividade física por semana adoeciam 43% menos, em comparação com os que não alcançavam pelo menos uma sessão semanal. Ou seja, as pessoas menos condicionadas e menos ativas adoeciam quase o dobro. Além disso, a gravidade e a sintomatologia reduziram 32% e 41% para quem tinha alta capacidade aeróbia.

Mas é preciso cuidado, pois o excesso de exercício pode reduzir a imunidade e piorar os sintomas até 2-6 vezes mais. Portanto, as atividades devem ser feitas respeitando a individualidade, o ideal é fazê-lo com supervisão de um profissional credenciado.

Deve-se-treinar-quando-se-está-com-gripe-ou-constipado

Quais os melhores exercícios param fazer quando estamos constipados.

Artigo de opinião

Se se estiver sentindo engripado e sem vontade nenhuma de fazer exercício, e questionando-se: “ deverei ou não fazer exercício?” a resposta é: em alguns casos o exercício é benéfico, noutros nem por isso.

Em primeiro lugar use a regra do pescoço, se os seus sintomas são acima do pescoço (espirros, pinguna, tosse, ou nariz entupido) então, normalmente, treinar é benéfico.

Exercícios benéficos:

  • Caminhada: consegue ter os benefícios do exercício e melhorar os seus sintomas de constipação.
  • Correr: se a corrida faz parte da sua rotina de treino, não faz mal nenhum correr. Correr é um descongestionante natural, e pode ajudar a limpar a cabeça e a sentir-se normal de novo. Tente, nesse dia, reduzir a intensidade da corrida, mas não deixe de a realizar;
  • Yoga: pesquisas sugerem que exercícios e técnicas que aliviam o stress ajudam a aumentar a imunidade. Dizer “om” também é uma maneira de abrir passagem no seio nasal segundo um estudo sueco.
  • Zumba e/ou aulas de grupo de dança: as aulas têm tendência de ser de baixo impato, o que o fará suar sem exercer muito stress nas suas articulações. E, além disso, também pode ir ao seu ritmo. A música também pode ser uma boa aliada, já que houve um estudo que comprovou que ouvir música diminuía os níveis de cortisol e aumentava os anticorpos.

Exercícios não benéficos

  • Treino endurance: se está treinando para uma maratona, ou uma prova de grande resistência, deve evitar treinar enquanto está com gripe. Um estudo comprovou que o exercício físico muito intenso (1 hora e meia ou mais) faz diminuir o nosso sistema imunológico, até 24 horas.
  • Ir ao ginásio: gostaria de estar no ginásio e ter alguém ao seu lado a treinar que estivesse doente? Os germes podem se espalhar facilmente nas máquinas ou nos balneários do ginásio, logo é melhor ficar longe do ginásio enquanto ainda tem sintomas de gripe.
  • Levantar pesos: a sua capacidade física está diminuída pois você está lutando contra uma gripe, os seus músculos estão fracos o que lhe poderá causar lesões, e muita pressão intra craniana, levando ao aumento de dores de cabeça.
  • Desportos coletivos também devem ser evitados pelos mesmos motivos que a ida ao ginásio deve ser evitada.

Alguns estudos comprovam que pessoas mais ativas têm menos probabilidade de contrair constipações/gripes.

Já sabe realize exercício físico regularmente pois a probabilidade de ficar constipado ou engripado é menor.

Texto de João Martins